Implementação De Código QR Nas Faturas Vai Dar Benefícios Fiscais Às Empresas

 

 

Implementação de código QR nas faturas vai dar benefícios fiscais às empresas

A introdução nas faturas do código de barras bidimensional (código QR)  só será obrigatória em 2022. Até lá, no entanto, as empresas que o desejem podem avançar, de forma facultativa, sendo que as micro, pequenas e médias empresas que implementem o código QR e ACTUD (código único de documento) até ao final do primeiro semestre de 2021, verão as despesas relativas a este serviço serem contabilizadas a 140%.

No caso das empresas que procedam à implementação na segunda metade do ano, as despesas serão contabilizadas a 120%, desde que o QR comece a aparecer nas faturas até 1 de Janeiro de 2022.

A implementação deste código tem como objetivo facilitar a comunicação das despesas para efeitos de IRS.

Para mais informações consulte o Decreto Lei abaixo.

Decreto-Lei 28/2019

Facebook
Facebook

Email
Email

Website
Website

Faça parte da familia Inforegisto. Carregue aqui e saiba as nossas condições.

unsubscribe from this list    update subscription preferences

*|IF:REWARDS|* *|HTML:REWARDS|* *|END:IF|*
Publicado em 03/05/2017 por Economia e Finanças

Pense antes de imprimir este email. A Natureza agradece.